Contribuições da pesquisa-ação no trabalho cotidiano: a prática de profissionais da educação em um centro de atendimento inclusivo

Gilberto Ferreira da Silva, Raquel Schlemer König, Natacha Scheffer

Resumen


Este trabalho faz parte de uma pesquisa em andamento, intitulada “Formação continuada de professores: a pesquisa-ação colaborativa em contextos de práticas educativas inclusivas (2ª. Fase)”, financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Para este momento, optamos pela pesquisa etnográfica, com o intuito de explorar uma das etapas do processo de vivência da pesquisa-ação. Trata-se do momento de observação das ações educativas conduzidas pelos profissionais no cotidiano do trabalho em um Centro de Atendimento Educacional Especializado, vinculado à rede municipal de ensino. Para além das observações, trabalhamos com registros da reunião de discussão e análise das observações produzidas, analisando como os profissionais do centro veem suas práticas no cotidiano do trabalho e como se repensam a partir desse processo. Consideramos os estudos de Silva e Nörnberg (2013), Franco (2012) e Tardif (2000) para construir o apoio teórico. Nesta etapa da pesquisa foi possível evidenciar quanto o refletir sobre o que se faz e como se faz na prática educativa cotidiana contribui para desvelar, no trabalho em equipe, tanto as fragilidades quanto os acertos do grupo de profissionais. Tal dinâmica permitiu um processo de sensibilização aos problemas, mobilizando para a construção de soluções. De outro modo, a reflexão sobre a prática desestabiliza e provoca desconfortos, pois acaba por impulsionar a revisão de aspectos já consolidados, como por exemplo, a postura profissional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://dx.doi.org/10.17561/reid.v0i15.2795

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



  

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional