Data comemorativa como pretexto para trabalho interdisciplinar

  • Idonézia Collodel Benetti Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC http://orcid.org/0000-0003-0259-3498
  • João Paulo Roberti Junior Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC http://orcid.org/0000-0002-1489-5330
  • Cristiane Deon Busnello Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina - SED
  • Renilda Ribeiro Ferrugem Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina - Brasil

Resumen

Este é um relato de experiência de um trabalho interdisciplinar realizado em uma escola da Rede Estadual de Ensino de Santa Catarina, em Florianópolis. Foram participantes 230 alunos do Ensino Fundamental I e II e a interdisciplinaridade contemplou os conteúdos das disciplinas de Artes, Inglês e Matemática. O objetivo foi provocar mais interesse e participação dos alunos no cotidiano escolar, ao colocá-los no centro do processo, numa relação estreita com a aprendizagem interdisciplinar. Os assuntos e a integração entre as disciplinas tiveram a extensão de um bimestre letivo. O percurso metodológico comtemplou: a formação de uma equipe interdisciplinar com troca de informações sobre o conteúdo de cada professor; participação dos alunos no planejamento e desenvolvimento das atividades; elaboração de exercícios e trabalhos – os trabalhos tiveram seu desfecho com uma exposição realizada no espaço físico escolar. A experiência interdisciplinar mostrou que os alunos ficam mais envolvidos, motivados e dispostos, e se engajam com mais prazer nos trabalhos de sala de aula, quando, além do apoio necessário e do incentivo à autodescoberta, existe: a) trabalho colaborativo – ajuda mútua; b) respeito, confiança e empatia; c) responsabilidade para fazer escolhas sobre o quê e como aprender; d) aumento na capacidade de resolver problemas; e) possibilidade para desenvolver cada vez mais o pensamento em profundidade. Ainda, observou-se que a interdisciplinaridade patrocinou experiências de aprendizagem pessoais relevantes e memoráveis também para os professores. Docentes e discentes evitaram soluções simples e buscaram o movimento da experiência pessoal atrelada à experiência coletiva.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Idonézia Collodel Benetti, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Doutoranda em Saúde Coletiva, Mestre em Psicologia e em Letras Inglês e Literatura Correspondente pela Universidade Federal de Santa Catarina. Tem graduação em Letras e Psicologia com especialização em Psicopedagogia. Atua na área de Dificuldades de Aprendizagem, desenvolvendo pesquisas e intervenção nas áreas de aprendizagem e desenvolvimento humano, avaliação psicológica e psicopedagógica. Atua também nas seguintes áreas: línguas estrangeiras, língua inglesa, linguística aplicada, linguagem, ensino e atividades comunicativas. Atua na organização e divulgação de conhecimento na área de saúde mental, da promoção da saúde mental, do cuidado e da reabilitação psicossocial. É integrante do Grupo de Pesquisas em Políticas de Saúde/Saúde Mental (GPPS).
João Paulo Roberti Junior, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Mestrando em Antropologia Social na Universidade Federal de Santa (UFSC), SC, Brasil. Graduado em Psicologia (UNIDAVI) e graduado em História (UNIASSELVI) e especialista em Metodologia de Ensino de História (UNIASSELVI). Membro estudante do GrupCiber (Grupo de Pesquisa em Ciberantropologia/Laboratório de Antropologia Social – PPGAS/UFSC). Bolsista de Mestrado pelo CNPQ.

Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social

Publicado
2018-07-07
Cómo citar
Benetti, I. C., Roberti Junior, J. P., Busnello, C. D., & Ferrugem, R. R. (2018). Data comemorativa como pretexto para trabalho interdisciplinar. Revista Electrónica De Investigación Y Docencia (REID), (20). https://doi.org/10.17561/reid.n20.6
Sección
Artículos