FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM MATO GROSSO DO SUL-BRASIL

Jael Cantilio Nunes, Gustavo Levandoski

Resumen


Este estudo teve como objetivo conhecer o perfil dos egressos do Curso de Educação Física da Universidade Federal da Grande Dourados. Participaram da pesquisa 41 egressos que responderam o questionário construídos pelos autores. Observou-se com os resultados que o público em sua maioria é do sexo feminino, oriundo principalmente do município de Dourados, com faixa etária principalmente entre 21 e 25 anos. As principais dificuldades encontradas durante a formação, foram desde financeiras até as longas distâncias enfrentadas durante o trajeto para aqueles que residiam em outras cidades, bem como período decorrente das greves e conciliar a rotina de estudos com a paralela atividade profissional. O conceito atribuído ao curso foi (ótimo 36,6%, bom 43,9%, regular 14,6%, ruim 2,4% e péssimo 2,4%), a avaliação dos professores obteve conceito positivo de 90,3%. As disciplinas de área da saúde foram apontadas como as mais importantes, e também foram citadas outras disciplinas desta área como sugestão novas componentes curriculares. Conclui-se que embora os egressos apontassem dificuldades e desafios no mercado de trabalho, a instituição contribuiu com conhecimento básico para formação dos mesmos, esperando que o profissional continue adquirindo novos conhecimentos que fomentem sua prática pedagógica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://dx.doi.org/10.17561/reid.n21.3

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



  

Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional