Literacia científica e inclusão através da educação em ciências: caso de uma criança portadora de TDAH

  • Maria Eduarda Ferreira Instituto Politécnico da Guarda- Escola Superior de Educaçã, Comunicação e Desporto
  • Elizabete Dente Instituto Politécnico da Guarda
  • Bárbara Ferreira Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, EPE
  • Manuel Loureiro Universidade da Beira Interior.

Resumen

Neste trabalho apresentamos uma experiência pedagógica sobre o papel das atividades práticas/experimentais na aprendizagem científica e inclusão de uma criança portadora de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Esta experiência pedagógica demonstrou que a educação em ciências proporciona um ensino personalizado na turma. Tivemos oportunidade de observar que numa criança com TDAH houve uma considerável melhoria no nível de literacia científica, no comportamento na sala de aula, bem como nas suas relações interpessoais. As atividades práticas/experimentais revelaram-se, pois, um adequado recurso didático para a inclusão, para o desenvolvimento da autonomia e das aptidões escolares, nomeadamente as competências definidas no currículo para o “Estudo do Meio”, do 1º ano do ensino primário, bem como competências ao nível da escrita, da leitura e da expressão plástica.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Maria Eduarda Ferreira, Instituto Politécnico da Guarda- Escola Superior de Educaçã, Comunicação e Desporto

Professora Coordenadora Principal em Educação

Diretora do Departamento de Educação

Bárbara Ferreira, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, EPE


Publicado
2015-01-29
Cómo citar
Ferreira, M. E., Dente, E., Ferreira, B., & Loureiro, M. (2015). Literacia científica e inclusão através da educação em ciências: caso de uma criança portadora de TDAH. Revista Electrónica De Investigación Y Docencia (REID), (13). Recuperado a partir de https://revistaselectronicas.ujaen.es/index.php/reid/article/view/1397
Sección
Artículos