Modelos de custeio na percepção de professores de custos das instituições de ensino superior de Santa Catarina

  • Flávia Renata de Souza Universidade Federal de Santa Catarina
  • Altair Borgert Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Leila Chaves Cunha Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI
  • Fernando Richartz Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Resumen

O objetivo deste estudo é caracterizar os modelos de custeio na percepção dos professores de Contabilidade de Custos dos cursos de Ciências Contábeis em Santa Catarina. O estudo de levantamento se desenvolve por meio de questionário eletrônico, aplicado a 69 professores, em que obteve-se retorno de 21 questionários preenchidos. Os principais resultados evidenciam que os temas mais relevantes para a disciplina de Contabilidade de Custos são: custos para avaliação, controle e tomada de decisão e informações contábeis para a tomada de decisão. Ainda na percepção dos respondentes, o Custeio variável é o modelo mais importante, na opinião de cerca de 70%, seguido pelo Custeio por absorção e ABC, UEP e o RKW. Aproximadamente 76% dos respondentes afirmam que o modelo de custeio influencia o desempenho de uma organização. Por fim, em relação ao custeio por absorção, 52% dos professores afirmam que é o único método aceito pela legislação.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Flávia Renata de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Pesquisadora na Federação das Indústrias de Santa Catarina - FIESC. Mestre em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina.
Altair Borgert, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Professor do Departamento de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Santa Catarina. Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Leila Chaves Cunha, Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI

Professora e Coordenadora do Curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI. Doutoranda no Doutorado em Ciências Contábeis e Administração da Universidade Regional de Blumenau - FURB. Mestre em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Fernando Richartz, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Doutorando em Contabilidade pelo Programa de Pós Graduação em Contabilidade na Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina. 

Publicado
2015-01-29
Cómo citar
Souza, F. R. de, Borgert, A., Cunha, L. C., & Richartz, F. (2015). Modelos de custeio na percepção de professores de custos das instituições de ensino superior de Santa Catarina. Revista Electrónica De Investigación Y Docencia (REID), (13). Recuperado a partir de https://revistaselectronicas.ujaen.es/index.php/reid/article/view/1765
Sección
Artículos