A qualidade de vida e a contribuição da Enfermagem no cuidado ao idoso para promoção à saúde

  • KEMLE SENHORINHA ROCHA TUMA UNIVERSIDADE DO PARÁ, BELÉM

Resumen

O estudo teve como objetivo analisar a qualidade de vida e a contribuição da enfermagem no cuidado ao idoso, na promoção da saúde e vida saudável. Esta temática é de grande relevância para descrever as formas de melhorias na qualidade de vida. Para tal, foi realizado uma pesquisa de revisão integrativa da literatura. O levantamento bibliográfico foi realizado através de pesquisa em artigos publicados entre 2010 a 2017, sendo no total 19 artigos analisados. Os artigos foram coletados nas bases de dados eletrônicos, tais como: Revistas Brasileiras; Biblioteca Virtual de Saúde (BVS); LILACS e SCIELO e outras disponíveis. Os resultados mostram que há a necessidade de incentivar as pessoas idosas a promover melhorias na qualidade de hábitos saudáveis para amenizar a questão das doenças que possam surgir em razão da idade. Conclui-se que a equipe de enfermagem precisa estar envolvida, no sentido mobilizar ações nos diversos aspectos voltados aos determinantes do envelhecimento e possibilitar a valorização e dignidade ao idoso.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

Abreu, V. C. et al. (2013). O trabalho da enfermagem no cuidado com o idoso no programa saúde família: Revisão bibliográfica. Revista formar, interdisciplinar, Sobral. V.1, n. 3, p.23-24, Jul-dez 2013.

Cordeiro, J.; Del Castillo, B. L.; Freitas, C. S. (2014). Gonçalves Marisa Pereira. Efeitos da atividade física na memória declarativa, capacidade funcional e qualidade de vida em idosos. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2014;17(3):541-52.

Farias, R.G., Santos, S.M.A (2012). Influência dos determinantes do envelhecimento ativo entre idosos mais idosos. Revista Texto contexto Enfermagem, v. 21 no.1 Florianópolis Jan./Mar.

Gerhardt, T.E., Silveira, D.T.. (2009). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Editora da UFRGS.

Horta, A. L. M.; Ferreira, D. C. O.; Zhao, L. M. (2010). Envelhecimento, estratégias de enfrentamento do idoso e repercussões na família. Revista Brasileira de Enfermagem. Vol. 63 nº4 Brasília Jul-Agost. 2010.

Janine, J.P., Bessler, D., Vargas, A.B. (2015). Educação em saúde e promoção da saúde: impacto na qualidade de vida do idoso. Rio de janeiro, v.39, 2015.

Oliveira, J., Tavares, D.M. (2010). Atenção ao idoso na estratégia saúde da família: atuação do enfermeiro. Revista da escola de Enfermagem da USP, 2010. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v44n3/32.pdf>. Acesso em: 03 mai. 2018.

Rinaldi, F.C. et al. (2013). O papel da enfermagem e sua contribuição para a promoção do envelhecimento saudável e ativo. Revista Eletrônica Gestão & Saúde Vol.04, Nº. 02, Ano 2013 p.454-66. Disponível em: Acesso em: 03 mai 2018.

Vivian, A.S., Argimon, I.I.L. (2009). Estratégias de enfrentamento, dificuldades funcionais e fatores associados em idosos institucionalizados. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 25 (2): 436 – 444, Fev.

Publicado
2019-06-02
Cómo citar
ROCHA TUMA, K. S. (2019). A qualidade de vida e a contribuição da Enfermagem no cuidado ao idoso para promoção à saúde. Revista Internacional De Apoyo a La inclusión, Logopedia, Sociedad Y Multiculturalidad, 5(2). https://doi.org/10.17561/riai.v5.n2.2
Sección
Artículos de investigación